Bolsas de mestrado e doutorado da Capes podem acabar em 2019

quinta-feira, 02 de agosto de 2018 às 19h39

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), por meio do seu Conselho Superior, enviou uma nota ao Ministério da Educação (MEC) alertando que a aprovação do artigo 22 da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2019 poderá acarretar no fim da concessão das bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado.

Saiba mais sobre as bolsas da Capes

Segundo a nota, caso o presidente Michel Temer sancione a Lei, a Capes terá que suspender todas as bolsas de pós-graduação a partir de agosto de 2019. A suspensão irá afetar 93 mil discentes e pesquisadores, "interrompendo os programas de fomento à pós-graduação no país, tanto os institucionais, quanto os estratégicos".

A LDO 2019 prevê o repasse de R$ 3,333 bilhões a Capes, mais de meio milhão a menos que o orçamento de 2018. A expectativa da Capes era de que o orçamento de 2018 seria mantido e corrigido pela inflação.

A redução do orçamento para 2019 também deve afetar outras áreas, como a Formação de Profissionais da Educação Básica, prejudicando mais de 245 mil beneficiados, e Cooperação Internacional.

MEC

O Ministério da Educação (MEC) ainda não se manifestou sobre a nota da Capes. A Associação Nacional de Pós-graduandos (ANPG), por meio de uma rede social, afirmou lutar por melhores condições e divulgou a hashtag #EducaçãoSemVeto.

 

 

Comentários

Destaques