Avaliação da Capes

avaliação capes

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é uma agência de fomento à pesquisa ligada ao Ministério da Educação, portanto, sua atuação é um nível federal. Sua principal função é a avaliação dos cursos de pós-graduação stricto e lato sensu, ou seja, mestrados e doutorados, pelo Brasil.

A avaliação da Capes é realizada a cada três anos, com acompanhamento anual, e apresenta algumas características:

• É realizada por cientistas destacados em suas áreas de atuação;
• Valoriza a produção científica dos orientadores;
• Valoriza a qualidade da produção científica dos pós-graduandos;
• Leva em consideração o impacto social da pós-graduação.

Após considerar estes e outros fatores, os cientistas avaliam o curso de pós-graduação em uma escala de notas que varia de 1 a 7, sendo: 1) fraco; 2) deficiente; 3) regular; 4) bom; 5) muito bom; 6 e 7) excelência de nível internacional.

A relação de cursos recomendados e reconhecidos exclui aqueles que obtiveram avaliação 1 ou 2. Ao receberem essas notas, os cursos são descredenciados e os novos alunos não têm direito a diploma com validade nacional.

Veja a relação de cursos recomendados pela CAPES

A avaliação dos cursos de pós-graduação é apenas uma das missões da Capes. A agência de fomento à pesquisa também tem como metas o acesso e divulgação da produção científica, o investimentos na formação de recursos de alto nível no país e exterior, promoção da cooperação científica internacional e indução e fomento da formação inicial e continuada de professores para a educação básica nos formatos presencial e a distância.

Em resumo, a Capes avalia os cursos de mestrado e doutorado, oferece bolsas de estudo no país e no exterior, financia projetos especiais de estudos, elabora planos para melhoria da formação de professores da educação básica e coordena e avalia cursos de educação a distância, como os oferecidos pela Universidade Aberta do Brasil (UAB).


Comentários