Programa Nacional de Pós Doutorado

Programa Nacional de Pós Doutorado

Ao contrário do que muitos pensam o Pós-Doutorado não é um curso que dá títulos, ele é na verdade uma chance de aprofundar e aperfeiçoar uma pesquisa, o que pode gerar publicações mais maduras e tecnologias mais avançadas. Pensando neste avanço, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) criou o Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD).

Os principais objetivos do programa são a promoção do estudo de alto nível, o apoio a grupos de estudos nacionais, a renovação no quadro de pós-graduações nas instituições de ensino e a inserção de pesquisadores em estágio pós-doutoral. Pensando em alcançar esses objetivos a CAPES oferece três modalidades de bolsa.

As duas modalidades que beneficiam brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil e portadores de visto temporário e estrangeiros residentes no Brasil possuem duração máxima para bolsa de 60 meses. Para ser beneficiado o candidato não não pode manter vínculos empregatícios de nenhuma espécie enquanto bolsista.

Já a terceira modalidade é direcionada para brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil e empregados como docentes em IES ou pesquisadores em instituições públicas de pesquisa. A bolsa tem duração máxima de 12 meses e o bolsista pode manter vínculos empregatícios desde que mantenha-se afastado das atividades e não mantenha o vínculo com a mesma IES de onde provém a bolsa PNPD.

O contemplado pela bolsa de Pós-Doutorado receberá um auxílio mensal no valor R$ 4.100, além do pagamento de recursos de custeio anual que são destinados a subsidiar atividades de pesquisa do bolsista, como por exemplo, participação em congressos, encontros e simpósios.

Mais informações sobre seleção e concessão de bolsas podem ser obtidas pelo site da CAPES.
 

Comentários

Destaques