Zoologia


zoologia

A Pós-Graduação em Zoologia forma profissionais de alto nível para exercer as funções acadêmicas de pesquisa e ensino na área. Segundo o coordenador do curso oferecido pelo Instituto de Biociências da USP, Profº Marcelo de Carvalho, o objetivo é preparar para o mercado, no sentido mais amplo, zoólogos que podem se tornar líderes nas suas respectivas especialidades, no Brasil ou no exterior. Naturalmente, a formação adquirida é primariamente direcionada à pesquisa científica, que é a atividade principal dos orientadores do Programa. No entanto, o coodenador da pós que possui conceito 6 na Capes, acredita que os conhecimentos adquiridos durante o curso sirvam, também, para o mercado de trabalho que não seja estritamente acadêmico

Segundo o Profº Marcelo, as linhas de pesquisas mais procuradas são: taxonomia, sistemática e evolução de determinados grupos zoológicos, através de diversos tipos de análises que englobam um amplo leque de teorias científicas. Alguns dos grupos zoológicos mais pesquisados são as aves, peixes, répteis, cnidários, e diversas linhagens de artrópodes, mas muitos outros grupos também são pesquisados. A USP ofere, ainda, linhas de pesquisa que se relacionam à conservação, ecologia, fisiologia e morfologia dos animais.

É preciso assumir de corpo e alma que Pós-Graduação é um momento especial em que os alunos precisam se aprofundar na leitura, na aquisição de conhecimentos, tanto conceituais quanto práticos, orienta o Profº Marcelo. Os alunos têm que estudar fundamentos conceituais que são indispensáveis à sua formação, explica o coordenador, já que a expectativa em relação aos alunos produzirem pesquisa de qualidade é grande. Ele, no entanto, esclarece que não adianta entrar na Pós e querer virar, da noite pro dia, um cientista esclarecido, competitivo e produtivo. É preciso valorizar o processo de aprendizagem, se inserir inteiramente nele. Hoje em dia há uma supervalorização de resultados, ou seja, dos números e índices quantitativos que alguns acham que representam o progresso, especialmente na Pós. Mas esses resultados são significantes apenas quando o processo de aprendizado transcorreu corretamente. É importante que os alunos entendam isso; na verdade é muito importante que os orientadores e administradores de Pós-Graduação no Brasil entendam isso também.

Os interessados na Pós-Graduação em Zoologia são, em sua maioria, formados em Biologia, mas o curso pode acomodar em suas linhas de pesquisa veterinários, zootécnicos, geólogos, engenheiros ambientais, entre outros, explica o coordenador do curso da USP. A formação oferecida em uma Pós-Graduação em Zoologia é indispensável para empregos acadêmicos nesta área, diz o Profº Marcelo. Entretanto, outros nichos requerem uma boa formação em Zoologia. Destaco o crescente, e vibrante, mercado de consultoria ambiental, onde especialistas em diversos grupos zoológicos precisam atuar de forma decisiva. Para tal, uma formação robusta e competente é importantíssima. A elaboração de estudos de impacto ambiental requer, obrigatoriamente, um especialista para avaliar a diversidade, endemismo, importância ecológica, etc., de um determinado grupo zoológico. Posso destacar também a importância de zoólogos bem formados no combate a vetores. Vale frisar que administradores dos recursos zoológicos nacionais (como, por exemplo, o Ibama ou outros órgãos ambientais) serão mais bem capacitados para gerenciar estes recursos de forma competente se tiverem uma formação acadêmica conceituada.

Sobre a questão salarial, o Profº Marcelo explica que a vasta maioria de egressos consegue empregos bons em pouco tempo. No mercado acadêmico, a nossa Pós-Graduação vem nucleando outros departamentos acadêmicos pelo Brasil (e no exterior também, especialmente na América do Sul) há quase 40 anos (a nossa Pós tem 41 anos). As oportunidades acadêmicas (isto é, pesquisa e ensino) no Brasil ainda são relativamente abundantes. Muitos egressos também estão engajados em consultoria ambiental. O salário médio no meio acadêmico começa por volta de R$7.500 brutos, dependendo da instituição superior de ensino público. Nas universidades particulares, o salário geralmente é superior (porém, de um modo geral, há menos estabilidade). Os salários no mercado de consultoria ambiental são semelhantes. Nas agências ambientais, os salários são, geralmente, por volta de um - quarto mais baixos.

Áreas de Estudo

Sul

Nordeste

Sudeste

Sul

Centro-Oeste

Norte

Nordeste

Sudeste

Sul

Centro-Oeste

Nordeste

Destaques