Probabilidade e Estatística


estatística

Os cursos de pós-graduação em Probabilidade e Estatística são voltados, principalmente, para graduados em Matemática Pura ou Aplicada e Estatística, mas também recebem estudantes com diploma em Engenharia, Economia e Física. As linhas de pesquisas mais comuns nos cursos de mestrado e doutorado em Estatística são Probabilidade e Processos Estocásticos, Séries Temporais, Análise de Regressão, Estatística Bayesiana e Bioestatística. Atualmente, existem oito programas de pós-graduação em Probabilidade e Estatística no Brasil, e apenas um deles recebe nota máxima da Capes: o da Universidade de São Paulo (USP).

De acordo com o atual coordenador da Pós-Graduação em Estatística da USP, Dr. Fábio Machado, o programa conseguiu se tornar uma referência pela pesquisa continua e competitiva com os padrões internacionais. “Selecionamos os melhores candidatos, independente de questões regionais e até nacionais. Colocamos candidatos selecionados e pesquisadores em contato através das suas disciplinas de interesse, pois são nestas áreas que podem dar a sua melhor contribuição, tanto na pesquisa quanto na orientação” – afirma o coordenador. Sobre a pouca quantidade de cursos de mestrado e doutorado nessa área, Dr. Fábio Machado comenta que os programas trabalham no limite da capacidade, selecionando algo em torno de 1/5 dos candidatos. “Se 1% dos jovens que se graduam em Engenharia, Economia ou Física se interessassem em fazer uma pós-graduação em Estatística ou Probabilidade - e acreditamos que teriam mercado de trabalho - precisaríamos quase que dobrar nossa capacidade de formação” – relata o professor.

Em relação ao mercado de trabalho, Dr. Fábio Machado diz que as áreas de Medicina, Economia e Tecnologia talvez sejam aquelas com maiores e mais sofisticadas demandas de pós-graduados em Estatística. No entanto, o mercado financeiro é atualmente a área mais atrativa para os pós-graduandos, pagando salários de R$3.500 até valores que ultrapassam R$10.000, dependendo da experiência e da responsabilidade. Os laboratórios farmacêuticos e aqueles instalados nas indústrias, também usam do conhecimento dos Estatísticos. “A tecnologia gera e transmite milhões de dados e a organização e análise destes requer gente com boa formação em Estatística. É um mercado de trabalho que não para de crescer”.

Áreas de Estudo

Sudeste

Sul

Norte

Sudeste

Nordeste

Sudeste

Nordeste

Destaques